Violação de hidrômetro - sae.com.br

Violação de hidrômetro

A SAE adverte: Violação de hidrômetro é crime

Violação de hidrômetro é crime
Violação de hidrômetro é crime

A SAE vem constatando a crescente violação de hidrômetros na cidade. A população tem que estar ciente que violação de hidrômetro é crime. Quem faz qualquer intervenção no hidrômetro, como quebra de lacre, ou perfuração da cúpula, onde os infratores colocam objetos para segurar os ponteiros do relógio impedindo o registro de consumo, respondem inquérito judicial por dano ao patrimônio e furto de água. A autarquia tem várias formas de constatar a violação, pela consulta ao sistema interno em que se percebe a queda brusca no consumo; no momento da medição mensal, através de denúncias da população ou através de fiscalizações. Após a constatação, os fiscais da SAE vão até o local para verificação, efetuam um Termo de Ocorrência, notificam o proprietário do imóvel. Mesmo que não seja encontrado dentro do furo algum objeto que paralise os ponteiros do hidrômetro, o simples ato de furar já é considerado violação. O infrator poderá ter o abastecimento cortado, além de arcar com o pagamento de um novo hidrômetro e uma multa administrativa.