Estação de Tratamento de Água - sae.com.br

Estação de Tratamento de Água

O tratamento de água é um conjunto de procedimentos físicos e químicos que são aplicados na água para que a mesma fique em condições adequadas para o consumo, ou seja, para que a água se torne potável.

Estação de Tratamento de Água da SAE
Estação de Tratamento de Água da SAE
  1. Captação
  2. A água bruta (sem tratamento e imprópria ao consumo humano) da SAE é captada de dois mananciais, sendo eles, Ribeirão São Lourenço e Rio Tijuco. Sendo que, no segundo manancial (Rio Tijuco), a captação é feita somente em época de estiagem.

    Nessa etapa a água passa por um gradeamento que impede a entrada na ETA de elementos grosseiros contidos na água (folhas, galhos e troncos). Então, a água segue para a desarenação, onde ocorre a remoção de areia por sedimentação, otimizando o processo do pré-tratamento da água, após é feito o bombeamento para a estação de tratamento.

  3. Tratamento da água de captação superficial
    1. É composto pelas seguintes fases:

    2. Coagulação;
    3. Floculação;
    4. Decantação;
    5. Filtração;
    6. Cloração;
    7. Fluoretação;
    Vista aérea da Estação de Tratamento de Água da SAE
    Vista aérea da Estação de Tratamento de Água da SAE
  4. Reservação;
    1. A água é armazenada em reservatórios, com duas finalidades:

    2. Manter a regularidade do abastecimento, mesmo quando é necessário paralisar o bombeamento para manutenção em qualquer uma das unidades do sistema;
    3. Atender às demandas extraordinárias, como as que ocorrem nos períodos de calor intenso ou quando, durante o dia, usa-se muita água ao mesmo tempo (na hora do almoço, por exemplo).
    4. Observação: Quanto à posição em relação ao solo, os reservatórios são classificados em subterrâneos (enterrados), apoiados e elevados.

  5. Redes de distribuição
  6. Para chegar às casas, a água passa por canos enterrados sob a pavimentação das ruas de Ituiutaba, chamadas de redes de distribuição. Para que essa rede possa funcionar perfeitamente, é necessário haver pressão satisfatória em todos os seus pontos. Onde existe menor pressão, instalam-se bombas, chamadas boosters, cujo objetivo é bombear a água para as zonas mais altas. Algumas vezes pode haver a necessidade de construir estações elevatórias de água, equipadas com bombas de maior capacidade. Nos trechos de redes com pressão em excesso, são instaladas válvulas redutoras.

  7. Ligações domiciliares
  8. A ligação domiciliar é uma instalação que une a rede de distribuição à rede interna de cada residência, loja ou indústria, fazendo com que a água chegue às torneiras. Para controlar, medir e registrar a quantidade de água consumida em cada imóvel, instala-se um hidrômetro junto à ligação.